sexta-feira, 30 de julho de 2010

* Palavras Benditas








PALAVRAS  BENDITAS


Estas palavras de amor
são tão leves, tão sinceras
que nada mais me eleva
a não ser estes teus versos.
Não os versos escritos
de todos os dias,mas sim
estas palavras em versos silentes
tão presentes no hoje e sempre
em cada mergulho de amor
dos teus olhos em vôos rasantes
em minha alma ,em meus olhos
na minha pele, com toda calma.
E que assim elas aconteçam
até os dias últimos de nossas vidas.
Estas palavras não ditas, estas sim...
eu as considero as mais benditas.



de: Vallentine (poetisa menor)




Em : Antologia Poemas à Flor da  Pele de 2010




.

Um comentário:

Cacau Loureiro disse...

Lindo este Poetisa "Maior", rs... as palavras têm força, aquelas que sussurramos no mais íntimo de nosso ser, são as benditas, parabéns, bj!